ARMAZEM PARAIBA

# Deixa que a vida te leva!!

DROGARIA CHAVES

Atendimento de Qualidade é com a Gente.

ESCOLA CEC

Educando para a Vida.

BIO Laboratório de Analises Clinicas

Realizamos coleta em sua residencia.

ISETED

Seu futuro começa aqui.

CN Motos

Sua Concessionaria Honda em Barra do Corda.

Acesse http://www.ifenix.com.br/ e confira as promoções e novidades

Ligue e agende uma visita tecnica (99) 3643-1859.

CAMPANHA MOTO LEGAL

CAMPANHA MOTO LEGAL

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Briga em festa no palácio show deixa um morto e um gravemente ferido

Uma briga em uma festa no palácio show na noite sábado deixou um jovem morto e um gravemente ferido, ambos foram alvejados a golpes de faca, um morreu ao ser socorrido e outro se encontra em observação no socorrão de Presidente Dutra.Segundo informações o jovem que veio a óbito tentava separa a briga quando foi furado

Acidentes.

Foram registrados três acidentes na noite de sábado envolvendo motocicletas sendo pilotadas por adolescentes em todos só sofrem ferimentos superficiais sem nenhuma fratura exposta, lembrando que nenhum dos feridos esperou o atendimento do Samu, talvez por temer a presença da policia no local do acidente.

domingo, 30 de outubro de 2011

Homem é atacado por uma onça pintada em um povoado de Fernando Falcão




Na tarde deste sábado um vaqueiro foi atacado por uma onça pintada no povoado de pau de barro do município de Fernando Falcão chegando ao hospital Acrisio Figueira bastante ferido, segundo informações nos repassada pela vitima ele estava procurando juntamente com dois amigos duas vacas que estavam desaparecidas ao encontra as carcaças das vacas foi atacado por uma onça pintada que estava dentro de uma valeta, a qual no primeiro ataque quase arranca o olho direito da vitima o qual teve vários lugares do corpo mordidos pelo animal quando o vaqueiro conseguiu finalmente abraçar o animal gritou por socorro e um dos seus amigos partiu para cima dela com um facão ferindo á na cabeça de raspão, porem ela continuava cercando agora os dois ao partir para atacá-los novamente ele conseguiu ferir á com um corte na cabeça só assim ela fugiu e eles conseguiram socorre o vaqueiro.

sábado, 29 de outubro de 2011

Continua os assaltos na BR 226 no trecho que passa pela reserva Indigena




A vários dias tem aumentado o numero de caminhoneiros assaltados na BR 226 no trecho que passa pela reserva Indigena,só na noite desta sexta dois caminhoneiros foram vitimas de assalto tendo seus bens roubados e ainda sofrendo agressões físicas dos ladrões, os veículos foram furado de balas, um dos Caminhoneiros disse que eles são muito violentos e ousados pois quem não para eles atiram no caminhão, conversando hoje com duas vitimas que foram registrar ocorrência relatou ficáramos sem documentos pessoais e do veiculo, O outro ainda abalado relatou o que me sobrou foi apenas um hematoma no rosto causado por uma coronhada de espingarda vou ligar para minha esposa e pedir que mim mande algum dinheiro pois não tenho nem para tomar um café disse um dos motoristas.

Foi registrado um boletim de ocorrência na delegacia porem a policia civil e militar nada pode fazer para recupera os bens dos caminhoneiros e prende os ladrões, pois se trata de ocorrência dentro da área Indigena a qual só a policia federal ou rodoviária pode Intervir.

Homem é preso pela Lei Maria da Penha em Barra do Corda


Policiais militares prenderam em flagrante delito, Dilamar Gomes Ferreira, 40 anos, após agredir sua irmã. Segundo o delegado de Polícia Civil, Felipe Augusto, o suspeito teria se dirigido até a residência da vítima portando uma foice e ameaçando matá-la.

Na ocasião, tentou arrombar a porta e durante as tentativas de adentrar a casa, uma parte da porta caiu sobre a vítima.

A PM foi acionada e logo efetuou a prisão de Dilamar Gomes Ferreira. Ele foi autuado por lesão corporal pela violência doméstica que abre precedente na Lei Maria da Penha. Ele permanece na Delegacia Regional de Barra do Corda.

Juiz dá 72 horas para MEC explicar vazamento do Enem


Inep havia pedido prazo de 10 dias devido à ''complexidade do assunto''.

G1

A Justiça Federal no Ceará, por meio do juiz federal Luiz Praxedes Vieira, determinou um prazo de 72 horas para que o Instituto de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), autarquia do Ministério da Educação responsável pela organização do Exame Nacional do Ensino Médio se manifeste a respeito da antecipação de questões do Enem por uma escola de Fortaleza.

O Inep havia pedido um prazo de 10 dias para se manifestar “tendo em vista a complexidade do assunto”, o que foi negado pelo juiz federal. “O prazo assinalado correrá minuto a minuto da hora do recebimento da intimação”, afirma o juiz. O instituto terá até 10h48 (horário de Fortaleza) de segunda-feira (31).

O Ministério Público Federal do Ceará entrou com ação na Justiça Federal pedindo a anulação total da prova ou a anulação de 14 questões antecipadas pelo Colégio Christus, de Fortaleza. De acordo com o procurador da República no Ceará Oscar Costa Filho, estas são as únicas formas de manter a isonomia do concurso entre todos os candidatos do Brasil.

Nesta sexta-feira (28), a Defensoria Pública da União também pediu a anulação de 14 questões antecipadas em 10 dias pelo Christus.

Vazamento

Na quinta-feira (27), o Ministério da Educação confirmou que as questões do Enem que vazaram estavam no pré-teste aplicado no Colégio Christus, em Fortaleza, em outubro de 2010. Ainda nesta quinta, o ministro da Educação Fernando Haddad disse que o governo tem a convicção de que dois dos 36 cadernos de pré-testes do Enem foram reproduzidos e distribuídos aos alunos pelos professores do Colégio Christus, em Fortaleza.

"Os professores recomendavam aos próprios estudantes a não divulgação desses cadernos, porque as questões ali contidas, provavelmente algumas delas cairiam na prova", afirma Haddad.

A direção do colégio não quis se manifestar sobre as declarações do ministro, na ocasião.

Por conta do problema, o MEC decidiu reaplicar a prova aos 639 alunos do Christus nos dias 28 e 29 de novembro, quando os presidiários e adolescentes que cumprem medidas socioeducativas privados de liberdade também fazem o exame.