ANTES NÃO TINHA, AGORA TEM.

ANTES NÃO TINHA, AGORA TEM.

terça-feira, 30 de abril de 2013

Retrato do fundador Melo Uchôa é exposto na prefeitura de Barra do Corda

A pintura é um retrato artístico do fundador de Barra do Corda assinado pelo artista plástico Pedro Luz. O quadro ficará exposto na escadaria da prefeitura durante a semana.
A cerimônia de abertura da exposição da obra aconteceu durante evento no hall de entrada da prefeitura com a presença de várias autoridades. Evento serviu como abertura das festividades de comemoração do aniversário da cidade.

Pintura retrata os traços de Manoel de Melo Uchôa.
Pintura retrata os traços de Manoel de Melo Uchôa.
A imagem do senhor trajaado de bandeirante, exigência do retratado, pode parecer incomum, atípica e atemporal, afinal de quem  se trata a enorme imagem que agora adorna o primeiro vão da escada da prefeitura de Barra do Corda?
O homem ali retratado, herói para uns, desertor para outros, simboliza na verdade o retrato da cidade descoberta por ele. Da glória da fundação, dos louros recebidos como prêmio à miséria, o cearense Manoel de Melo Uchôa fez-se misógino quem sabe à terra que deu vida, esquecido pelo tempo e morto por dentro até ceder-se à morte.
Mas a ressureição, ao menos da história e da glória desse homem que cruzou os sertões desbravando novos horizontes parece finalmente tomar o caminho correto. Apesar da principal praça da cidade ostentar seu nome, faltava-lhe um rosto, um traço humano à figura contada e recontada, que a história não quis deixar esquecer. Não falta mais!
Das mãos do pintor Pedro Luz que, baseado em intensas pesquisas e em relatos da bisneta e do bisneto de Melo Uchôa, Mariinha Miranda e José Maria de Miranda Uchôa surgiu o rosto do fundador. A obra final é fruto desse conjunto de fatores, história, relatos e traços parentais que resultam na face do homem que deu luz a uma cidade.
A descoberta dos traços desse homem, fruto de um trabalho que iniciou-se em 2008, findando apenas em 2011, teve no historiador Álvaro Braga um verdadeiro operário da causa. E não apenas dela, o também cearense talvez seja hoje o mais profundo conhecedor de nosso passado tão rico e tão esquecido.
DSCN8241 
O maior passo de todos, no entanto, não foi a simbólica e marcante solenidade da manhã desta segunda-feira (29) que marcou o descerramento do tecido que cobria o belo retrato em óleo sobre tela. Anfitrião, o prefeito Eric Costa cercado por parte do secretariado e laureado pelos funcionários que interromperam o labor para prestigiar a festa, deu a tônica desse novo amanhã. “Vivemos um tempo de novos rumos, em que o ser humano se sobressai sobre todo o resto. Nossa gestão será marcada pelo resgate de nossa história e principalmente pela valorização do nosso povo”. Decretou.
Relembrar e valorizar a história do homem responsável pelo surgimento dessa velha senhora não pode ser tomado apenas como um norte desse novo tempo que surge e que nos encanta. Ao valorizar a cultura num espaço antes impensado e indicar esse novo caminho, o prefeito abre as portas do futuro com um olhar glorificado ao nosso passado tão grandioso. O fundador finalmente agradece.
VEJA MAIS IMAGENS:
Fotos: Francisco Carvalho
DSCN8292    DSCN8318 DSCN8243
DSCN8321
Assecom: