PROGRAMA MAIS ASFALTO

PROGRAMA MAIS ASFALTO

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Depoimentos de detento exalam armação contra Flávio Dino

André Escócio de Caldas, assaltante perigoso que roubou a cena esta semana
André Escócio de Caldas, assaltante perigoso que roubou a cena esta semana
Assaltante de bancos no Maranhão, Piaui e Pará, o bandido André Escócio de Caldas roubou a cena nesta semana. Em um vídeo primário, ele aparece bêbado ou drogado como se estivesse prestando um depoimento a autoridade nenhuma.
Quem assistiu ao vídeo palhaçada, o delinquente faz cenas cômicas e chega quase a levar os braços algemadas à fucinha do tomador do depoimento. Uma graça!
No depoimento, o bandido acusa o candidato comunista Flávio Dino de fazer parte de uma quadrilha de assaltantes de bancos, como chefe.
Bem aqui já deu pra perceber que as acusações não merecem créditos. A voz transformada do tomador do depoimento também se revela outra fraude. E quem acreditaria no vídeo ou no bandido?
Descoberto quase três dias depois pelo sistema de segurança, ele é levado à Seic para revelar tudo. Como tudo corre sob segredo de Justiça, a Seic resolve encaminhar o depoimento dado a dois delegados para a Polícia Federal. Veja que o depoimento foi tomado na madrugada do dia 24, na quarta-feira....

Na noite do mesmo dia, o depoimento vaza, com os documentos oficiais da Seic. Não se sabe se da PF ou da própria Polícia Civil.
O bandido resolve contar uma “estória” no mínimo mirabolante. Foi convidado por um diretor do presídio e um chefe de segurança para montar o depoimento e em troca regalias como alvará de soltura, dinheiro e proteção dentro do sistema.
Alvará de soltura forjado? Dinheiro de quem? Proteção no sistema se teria o alvará de soltura após a gravação? Ou esse bandido é Mané ou nós aqui somos todos bobos e imbecis. Quem olha o vídeo percebe claramente o amadorismo e a tentativa primária de alcançar algum objetivo.
Diante de tudo isso, que se mostra inacreditável, tenho apenas um pedido: libere o bandido para um coletiva de imprensa.