CAMPANHA MOTO LEGAL

CAMPANHA MOTO LEGAL

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Se for Cutrim na Segup, o caso Décio Sá será reaberto

 
São fortes os rumores dentro e fora da Polícia Civil que o próximo secretário de Segurança Pública será o deputado reeleito Raimundo Cutrim, que rompeu com o grupo Sarney muito antes e se filiou ao PCdoB, partido do governador eleito, Flávio Dino.
Indagados pelo Blog, 20 deputados dos eleitos e reeleitos acham que a escolha seria das melhores e apontam que no período em que esteve à frente da Segup os índices de violência eram bem menores, assim como o caos no sistema presidiário do Maranhão.
Se escolhido secretário da Segup, Cutrim vai reabrir o caso Décio Sá, jornalista assassinado no dia 23 de abril de 2012 em uma bar da Avenida Litorânea.
Ao Blog, o deputado deixou bem claro pela sua experiência como policial federal (delegado aposentado) que as investigações não foram concluídas.
Ele acredita que tem gente do lado de fora que esteve no consórcio que mandou matar Décio Sá e chegou a apontar um dos empresários ricos no Maranhão.
E mais: se voltasse a assumir a Segurança iria reabrir o caso para que ninguém que participou do assassinato covarde ficasse do lado de fora desfrutando liberdade.
Cutrim, quando da sua passagem pelo cargo de secretário, foi o responsável pelo fim do crime organizado no Maranhão que levou poderosos pra cadeia, como políticos e empresários. Além disso, goza de prestigio e confiança dos policiais civis e militares.