ANTES NÃO TINHA, AGORA TEM.

ANTES NÃO TINHA, AGORA TEM.

quinta-feira, 9 de abril de 2015

Registrado aumento de 7,9% no primeiro trimestre de 2015

No mês de março, o valor da cesta teve um aumento de 1,3%.
Foto: Reprodução Internet
O valor da cesta básica em São Luís teve um aumento de 1,3% no mês de março, segundo dados do O Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc).
Os itens da cesta somaram R$ 262,73. Comparando com fevereiro de 2015, o conjunto de gêneros alimentícios essenciais apresentou um aumento de R$ 3,27, ou seja, uma variação mensal de 1,3%. Com a variação, o valor da cesta básica acumulou um aumento de 7,9% no primeiro trimestre do ano.
A Cesta Básica, composta por 12 itens, é medida mensalmente pelo Imesc, que acompanha as variações de preço e o impacto dos itens da cesta no salário mínimo. Em março, os produtos que apresentaram o maior aumento foram: manteiga (10,1%), óleo (5,4%), feijão (3,6%), carne (2,5%), leite (2,2%), arroz (2,0%), tomate (1,9%), açúcar (1,0%), e café (0,5%). Os dois produtos que apresentaram redução de preço foram: farinha com redução de 12% e o pão que ficou 1,8% mais barato.
Tomando como base uma jornada de trabalho de 220 horas, no mês de março foi necessário trabalhar 73 horas e 21 minutos para obter o equivalente ao valor da Cesta Básica. O trabalhador que ganha um salário mínimo, precisou comprometer 33,3% da sua renda para adquirir a cesta básica, de modo que 66,7% do salário mínimo ficou disponível para outras despesas.
Para encontrar o relatório completo da pesquisa de cesta básica, bem como as tabelas contendo dados referentes aos preços dos produtos e variação de preços, basta acessar o site do Imesc.