segunda-feira, 14 de março de 2016

Moradores bloqueiam MA-006 entre Grajaú a Arame; Governo busca solução imediata

Interdição é próximo ao povoado Bela Estrela; Manifestantes pedem a recuperação emergencial da estrada pelo Governo do Estado

Moradores reivindicam recuperação emergencial de um trecho de 40 Km (Foto: Visual Comunicação)
Moradores do povoado Bela Estrelas, juntamente com proprietários de carros de linha, bloquearam na manhã deste sábado (12), um trecho da MA-006 entre Grajaú a Arame. A população reivindica a recuperação emergencial do trecho de 40 Km da rodovia.
“Está intransitável. Em dias de chuva é um atoleiro só. Como podemos trabalhar nesta situação? Somos vários pais de família que vivem do transporte de passageiro em pequenos carros, caminhonetas e micro ônibus de Arame para Grajaú.”, conta o motorista Nonato do Táxi, da cidade de Arame.
Os manifestantes aproveitaram a presença do secretário de estado de Igualdade Racial, Gérson Pinheiro, que veio inaugura obras do Programa Mais Asfalto em Grajaú. Em visita ao local, acompanhado da líder política e pré-candidata a prefeita de Grajaú Simone Limeira, Gérson se comprometeu em levar as reivindicações da população ao governador Flávio Dino.
No início do ano uma equipe técnica da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra) esteve na MA-006 visitando o trecho, fazendo um levantamento das condições da rodovia para iniciar ações emergenciais e garantir a trafegabilidade durante o período chuvoso. Entre as iniciativas da Sinfra, estão a mobilização de equipes de patrulhamento e manutenção dos mais de 200 km que interligam as cidades.
Desde 1991, quando a estrada foi entregue, não há serviços de restauração e conservação da via, o que resultou na deterioração de mais de 50% do pavimento. Em grande parte, o asfalto nem existe mais. A MA-006 é uma das mais extensas do estado. Por ela é feito o escoamento de cerca de 70% da produção agrícola do Sul do Maranhão para as demais regiões do país. “Não dispomos de orçamento para construção da rodovia, mais por determinação do governador Flávio Dino, iremos recuperar por etapas, dando condições de trafegabilidade a população”, explicou o secretário de estado de Infraestrutura Clayton Noleto, durante lançamento do Programa Mais Asfalto em Grajaú....
Simone Lima: MA-006 é luta minha e do governo de todos nós (Foto: Visual Comunicação)
Simone Lima: MA-006 é luta minha e do governo de todos nós 
(Foto: Visual Comunicação)
Para Simone Limeira, a reivindicação da população é justa e necessária, mais lamenta a falta de recurso no valor de R$ 200 milhões para construção de toda a rodovia. “A MA-006 é uma bandeira de luta de todos nós, estou incansavelmente cobrando a continuidade desse projeto, o grande problema é a falta de recursos para realização da obra; desde que foi entregue em 1991, não houve serviço de recuperação com qualidade, e o governo passado não deixou orçamento em 2015 para revitalização da estrada; mais essa reivindicação é prioridade, e um compromisso do nosso governador Flávio Dino; ele se comprometeu em recuperar a rodovia por parte, e já começou, exemplo disso é o trecho de Grajaú a Formosa da Serra Negra”, explicou....

Empresário Canjão (Foto: Visual Comunicação)
Empresário Canjão (Foto: Visual Comunicação)
Para o empresário grajauense no ramo de autopeças, Izanildo Canjão é inaceitável a situação da estrada tendo em vista que em 2011, o Governo do Estado realizou uma recuperação asfáltica no valor de R$ 600 mil reais de um trecho de 42 Km de Grajaú às Três Maria e quando terminavam, tiveram que voltar tampando mais buracos pela péssima qualidade do serviço. Disse que de lá pra cá são os empresários, fazendeiros, e o pessoal dos carros de linha que vem recuperando a estrada “Realizamos uma operação com piçarra que nos custou 12 mil reais em despesas com combustível, óleo, comida entre outros; porque a obra feita pelo governo custa tão caro?”, questionou.
Durante a conversa com os representantes do governo que propuseram o início da recuperação do trecho em 30 dias, moradores decidiram e não aceitaram a proposta, querem e esperam o início das obras imediatamente; enquanto isso, a estrada continua interditada.

Grajaú de Fato

0 comentários :

Postar um comentário