ANTES NÃO TINHA, AGORA TEM.

ANTES NÃO TINHA, AGORA TEM.

sexta-feira, 11 de março de 2016

Proposta proíbe interrupção de creches públicas nas férias

Projeto quer evitar que mães sejam privadas de trabalhar.
Proposta proíbe interrupção de creches públicas nas férias
Foto: Agência Brasil
A Câmara dos Deputados analisa proposta que impede creches públicas de todo o país de interromperem as atividades em períodos de férias e recessos escolares. A medida está prevista no Projeto de Lei 351/15, do deputado Felipe Bornier (PSD-RJ).
O atendimento prestado pelas creches destina-se ao atendimento de crianças de 0 a 3 anos de idade, podendo se estender a crianças de até 6 anos de idade, nos municípios onde não haja atendimento pré-escolar.
Ao citar dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), segundo os quais, pelo menos, 30% das mulheres com filhos de 0 a 6 anos não conseguem vagas em escolas públicas para suas crianças, o autor argumenta que não é raro que a subsistência da família seja sacrificada pela ausência do serviço de creches. “A necessidade de cuidar das crianças priva muitas mães de trabalhar e de ganhar dinheiro para atender às necessidades básicas das famílias”, diz o autor.
Segundo o parlamentar, mesmo que a Constituição determine que os municípios atuem prioritariamente no ensino fundamental e na educação infantil, “nada impede que legislação federal possa regulamentar sobre o período de funcionamento dos mencionados estabelecimentos”.

 

0 comentários :

Postar um comentário