quarta-feira, 6 de abril de 2016

Agências bancárias são fiscalizadas em Porto Franco

Entre as irregularidades encontradas em algumas agências estão ausência de bebedouro, ausência de divisórias entre os caixas eletrônicos, entre outros


Agência fiscalizada pelo Procon no município de Porto Franco
O Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor do Maranhão (Procon/MA) está expandindo as ações de fiscalização para todo o estado, incluindo também municípios onde não há unidades fixas do órgão. No início de abril, agências bancárias de Porto Franco foram fiscalizadas pelo órgão.
A medida visa garantir a qualificação da prestação dos serviços bancários e também a humanização do atendimento. Segundo o presidente do Procon/MA, Duarte Júnior, a má prestação de serviço aos consumidores deve ser fiscalizada e, quando encontradas irregularidades, as empresas serão autuadas....
“O consumidor tem direito a um serviço bancário humanizado e eficaz. Por isso, estamos intensificando as fiscalizações em todo o Maranhão, e a partir de agora ou os bancos investem na melhoria e expansão do serviço ou, a cada semana, terão que pagar novas multas em razão do desrespeito ao cidadão”, afirmou.
A fiscalização foi realizada pelo coordenador da unidade do Procon/MA em Estreito, Thiago Morais, nas agências do Banco do Brasil, Banco do Nordeste e Bradesco. O Banco do Brasil foi autuado por ausência de bebedouro, do Código de Proteção e Defesa do Consumidor (CDC), e do número do Procon, o 151, afixado em local de ampla visualização para eventuais denúncias.
Já no banco Bradesco foram identificadas as seguintes irregularidades: ausência de divisórias entre os caixas eletrônicos; ausência do número do Procon afixado em local de ampla visualização; e ausência do CDC. No Banco do Nordeste não foram encontradas irregularidades no momento da ação fiscalizatória.
Após autuação, as agências terão até 10 dias para apresentar defesa. A ação de fiscalização do Procon/MA integra a Operação Paciência realizada junto às unidades financeiras e segue o programa permanente de humanização do serviço bancário no Maranhão.
As fiscalizações nos bancos acontecem semanalmente. O consumidor que identificar alguma irregularidade e sentir lesado, pode acionar o Procon/MA por meio do telefone 151, denunciar pelo aplicativo Procon, pelo site www.procon.ma.gov.br ou pessoalmente nas unidades fixas de atendimento.

0 comentários :

Postar um comentário