"AGORA TEM SEGURANÇA",

"AGORA TEM SEGURANÇA",

terça-feira, 16 de agosto de 2016

15 casos de dengue foram registrados por dia em São Luís, este ano

Média é contabilizada com base em levantamento divulgado pelo programa de combate à doença, repassado a O Estado; zika e chikungunya também preocupam
Água acondicionada em caixas com tampas mal colocadas pode servir de criadouro para o mosquito
Água acondicionada em caixas com tampas mal colocadas pode servir de 
criadouro para o mosquito.
São Luís registrou, até o momento, 15 casos de dengue por dia. A média é contabilizada com base em levantamento do programa de combate à doença (departamento ligado à Secretaria Municipal de Saúde). Por causa do índice, órgãos ligados ao Município deverão intensificar as ações de controle nos próximos meses e durante o período de estiagem.

Ainda de acordo com o Município, de janeiro até o início deste mês, foram contabilizados 3.501 casos de dengue em São Luís. O número é 16,5% maior do que o registrado durante todo o ano passado. “É um motivo de preocupação, sim. Mas estão sendo desenvolvidas ações para combater o vetor. A população pode ficar tranquila, que o Município não medirá esforços para reduzir os riscos de dengue na capital”, frisou Pedro Tavares, coordenador do Programa de Combate à Dengue, Zika e Febre Chikungunya de São Luís...

Intensificação
De acordo com o coordenador, além da dengue, as medidas de controle do poder público também deverão se estender à zika e febre chikungunya, que, segundo o Ministério da Saúde (MS), são provocadas pela ação do mosquito Aedes aegypti. A partir deste mês, 317 agentes de saúde serão responsáveis diretamente pelas ações de controle da dengue na cidade. “Haverá a promoção de visitas domiciliares e intensificação das campanhas de conscientização. Não adianta apenas um cidadão fazer a parte dele se os demais não cooperarem”, explicou Pedro Tavares.

Segundo o Município, a preocupação epidemiológica existe, apesar da redução dos índices pluviométricos. De acordo com Pedro Tavares, neste período os cidadãos se preocupam muito com o armazenamento de água em tanques e caixas d´água. “São locais propícios para o aparecimento do mosquito Aedes. É preciso proteger estes reservatórios para que o Aedes não armazene e tampouco espalhe os seus ovos”, disse.
NÚMEROS
3.501 é o total de casos
de dengue em São Luís este ano

16,5% é o percentual de aumento do número de casos de dengue este ano, em comparação a todo o ano passado
Fonte: Secretaria Municipal de Saúde (Semus)
Fique por dentro
Segundo a Prefeitura, os mutirões de controle vetorial da dengue, zika e chikungunya deverão ocorrer nos próximos meses, em pontos estratégicos. De acordo com o Município, o planejamento para estas atividades está em fase de andamento.
Além desta ação, o Município também privilegiará as borracharias e ferros-velhos que obedecerem aos requisitos necessários para armazenamento de objetos, com a distribuição do Selo Legal.
Em balanço divulgado no mês de junho deste ano, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) informou que, em todo o estado, seis pessoas morreram por dengue em 2016.

0 comentários :

Postar um comentário