CAMPANHA MOTO LEGAL

CAMPANHA MOTO LEGAL

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Praias continuam 100% próprias para banho na Região Metropolitana

A aferição foi realizada no último domingo (9) e comprova que os 21 pontos monitorados possuem condições para o banho.

 balneabilidade-das-praias-foto-gilson-teixeira

A aferição foi realizada no último domingo (9) e comprova que os 21 pontos monitorados
 possuem condições para o banho. (Foto: Gilson Teixeira)
Pelo segundo relatório consecutivo, as praias de São Luís e São José de Ribamar estão 100% próprias para banho. É o que aponta o laudo semanal de balneabilidade divulgado nesta quinta-feira (13) pelo Laboratório de Análises Ambientais – LAA, da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema). A aferição foi realizada no último domingo (9) e comprova que os 21 pontos monitorados possuem condições para o banho.
Os níveis de contaminação estão caindo, gradativamente, desde janeiro deste ano, devido aos investimentos feitos pelo Governo do Estado em saneamento. De acordo com o presidente da Companhia de Saneamento Ambiental (Caema), Davi Telles, essa é uma conquista que vem sendo construída a partir dos investimentos no programa ‘Mais Saneamento’. Ele destacou como preponderante para a balneabilidade das praias a inauguração da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do Vinhais, uma das maiores do Nordeste, e que tem capacidade para tratar até 40% do esgoto da capital....

Além disso, Telles informou que a Caema já implantou mais de 70 quilômetros de redes coletoras e interceptoras e está melhorando as condições para a operação das elevatórias de esgoto já existentes. “Não é um resultado que se viu acontecer sem que algo por trás tivesse demonstrando, o que fez nós chegarmos a esse momento”, enfatizou o presidente da Caema.
União de esforços pela balneabilidade
Para o secretário da Sema, Marcelo Coelho, a meta de 100% de condições para o banho das praias de São Luís foi fixada pelo governador Flávio Dino desde o início da sua gestão. Ele realçou ainda que a união de órgãos do Governo, como a Caema, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil – por meio da Delegacia Especial do Meio Ambiente (DEMA) – em torno da fiscalização de empreendimentos, condomínios e barracas está sendo essencial para a balneabilidade das praias.
Ainda de acordo com o secretário, a manutenção de todas as praias próprias para banho é um desafio, pois em alguns períodos do ano as chuvas fazem com que o esgoto lançado irregularmente em rios e córregos afluentes às praias, bem como em canais de drenagem, seja carregado para o mar propiciando o aumento da concentração dos indicadores biológicos de qualidade das praias. “Mas nossa meta é manter o máximo possível”, garantiu Coelho.
Davi Telles informou que há mais ou menos sete anos as praias de São Luís não tinham 100% condições de balneabilidade, e reiterou que o Governo está empenhado em manter esse índice, mesmo a atual gestão da Caema tendo herdado um sistema de esgotamento sanitário sucateado e deficitário.
“O desafio agora é exatamente manter esses resultados e ampliar a melhoria dos índices de balneabilidade. Esses índices ainda podem melhorar, nós ainda temos mais de 180 quilômetros de redes e interceptores para implantar, estamos avançando muito bem na obra da ETE Anil, temos que entregar mais elevatórias e vamos continuar com as fiscalizações. São investimentos de R$ 350 milhões no saneamento básico da Região Metropolitana”, completou Telles.

0 comentários :

Postar um comentário