CAMPANHA MOTO LEGAL

CAMPANHA MOTO LEGAL

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Corpos de vítimas de desabamento em gruta no Tocantins são liberados

Força-tarefa foi montada para agilizar a realização de exames em IML.Ao todo, 10 pessoas morreram durante celebração em Santa Maria do TO.
Do G1 TO
Corpos são liberados do IML de Palmas (Foto: Reprodução/TV Anhanguera) 
Corpos são liberados do IML de Palmas (Foto: Reprodução
/TV Anhanguera)
Os corpos das 10 vítimas do desabamento em uma gruta em Santa Maria do Tocantins, nordeste do estado, foram liberados do IML de Palmas na madrugada desta quarta-feira (2). Entre as vítimas estão uma mãe e dois filhos de nove e 10 anos.
O corpos chegaram a capital por volta das 22h30 desta terça-feira (1º). Uma força-tarefa foi montada para agilizar a realização de exames. Seis técnicos de necrópsia foram convocados. Por volta de 3h30, cinco horas depois, eles foram liberados.
Pertences das vítimas ficaram no local da tragédia (Foto: Jornal do Tocantins/Divulgação) 
Pertences das vítimas ficaram no local da tragédia
(Foto: Jornal do Tocantins/Divulgação)
A prefeita da cidade, Helen Rute de Freitas, informou que os corpos estão sendo preparados por uma funerária em Palmas e que devem seguir para as cidades no início desta tarde.
As vítimas são duas crianças e oito adultos, sendo sete mulheres e três homens. Cinco vítimas são de Itacajá, três de Santa Maria do Tocantins e duas de Pedro Afonso.
Entenda
Dez pessoas morreram no desabamento de rochas que formavam o teto uma gruta em Santa Maria do Tocantins, região central do estado, de acordo com o Corpo de Bombeiros. O acidente foi registrado na manhã desta terça-feira (1°). De acordo com a corporação, pelo menos 50 pessoas estavam na hora do desabamento celebrando o Dia de Todos os Santos.
A prefeita da cidade, Helen Rute de Freitas, disse que a gruta fica numa região conhecida como Casa de Pedra, a cerca de 10 quilômetros da cidade, e que a celebração é tradição entre os moradores. A missa, segundo ela, é realizada na frente da gruta, mas muitas pessoas entram no local para rezar e acender velas.
"Estavam todos rezando. Aí caiu o pedaço do teto em cima do povo. Tinha cerca de 15 pessoas no local onde caiu. Todo mundo saiu correndo e os parentes das vítimas ficaram lá gritando socorro", relatou Wilson Mendes Rodrigues, testemunha que estava no local.
Corpos foram retirados pelo Corpo de Bombeiros (Foto: CIOPAER/SSP) 
Corpos foram retirados pelo Corpo de Bombeiros (Foto: CIOPAER/SSP)
Local foi escorado pelos bombeiros após desabamento (Foto: CIOPAER/SSP) 
             Local foi escorado pelos bombeiros após desabamento (Foto: CIOPAER/SSP)

0 comentários :

Postar um comentário