sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Quatro são interrogados sobre morte de policial

Iran Santos foi morta com um tiro, na noite dessa quinta-feira (2)

Iran Santos era a chefe de captura da Delegacia de Roubos e Furtos.
Iran Santos era a chefe de captura da Delegacia de Roubos e Furtos. 
- Foto: Reprodução

Quatro suspeitos do assassinato de uma policial civil, na noite dessa quinta-feira (2), na Região Metropolitana de São Luís, foram interrogados na manhã de hoje (3), na Delegacia de Homicídios.
Iran Cerqueira Santos, de 51 anos, era a chefe de captura da Delegacia de Roubos e Furtos. Ela chegava em casa, quando foi abordada por criminosos na rua Nove, no Parque Araçagy. Ao perceber os tiros, ela revidou e matou um deles.
O veículo dela foi alvejado por vários disparos de arma de fogo, e um deles atingiu a policial, no peito. O velório de Iran Santos está sendo realizado na Pax, no Centro. O sepultamento está previsto para hoje, às 16h, no Cemitério Parque da Saudade, no Vinhais.
Uma motocicleta utilizada por alguns dos suspeitos foi apreendida. A polícia trabalha com a hipótese de que a policial foi vítima de uma emboscada. O caso está sendo investigado.

O Estado

0 comentários :

Postar um comentário