ANTES NÃO TINHA, AGORA TEM.

ANTES NÃO TINHA, AGORA TEM.

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Alunos do IFMA polo de Barra do Corda realizam manifestação em resposta atitude do reitor Roberto Brandão


 
Na manhã de ontem terça feira, dia 04 de Abril de 2017, ocorreu um ato de manifestação por parte dos alunos do Instituto Federal do Maranhão em resposta a atitude reprovável do Magnífico Reitor do IFMA Professor Roberto Brandão em sua última passagem neste Campus ocorrida dia 29 de Março. A visita se deu por conta da Reunião de Planejamento Estratégico do quadriênio 2016-2020, onde estiveram presentes várias autoridades, entre elas: Secretária Municipal de Educação, Janete Cavalcante, Representante da Promotoria, Representante da Regional de Educação de Barra do Corda, Diretora Eva Nunes, Prof. e vereador Jaile Lopes, representando o Legislativo, entre outras autoridades. Em dado momento o citado Reitor, ao ser indagado pelo representante do Grêmio Estudantil sobre as promessas de expansão do Campus IFMA/Barra do Corda proferidas pelo magnífico em visitas anteriores, tais como: criação de "laboratório de software", "biblioteca mais ampla", "aumento do quantitativo de sala de aulas", "melhoria na estrutura já existente", entre outras ações, o citado Reitor, segundo os alunos numa atitude súbita de arrogância e prepotência "ordenara" aos berros, que o representante dos alunos "se pusesse em seu devido lugar", dizendo que não se deslocaria de São Luís à Barra do Corda para mentir', entre outras palavras desrespeitosas culminando em sua fala final "vou cancelar tudo, por causa de você, vou cancelar tudo!, sem respeitar o direito de pergunta do representante e ter consciência sobre sua obrigação de resposta como Reitor do Instituto, haja vista que o líder estudantil ali representava o interesse de todos os estudantes do IFMA que seriam beneficiados pelas promessas do Magnífico.
 
A manifestação nomeada de "OPERAÇÃO TERÇA-FEIRA NEGRA", organizada pelos alunos da Instituição, ganhou grande proporção, estes vestiram o preto em ato de repúdio ao posicionamento negativo do magnífico Reitor no momento da citada abordagem acerca da expansão. Durante o ato discutiram sobre as necessidades do Campus, e o papel do estudante de reivindicar seus direitos junto aos seus líderes​, além de elaborar um documento oficial para encaminhar à Reitoria.

0 comentários :

Postar um comentário