CAMPANHA MOTO LEGAL

CAMPANHA MOTO LEGAL

terça-feira, 30 de maio de 2017

Fachin autoriza PF interrogar Michel Temer

PF poderá enviar perguntas ao presidente da República que terá até 24 horas para responder aos questionamentos.
Michel Temer deverá responder em até 24 horas perguntas da Polícia Federal
Michel Temer deverá responder em até 24 horas perguntas da Polícia Federal 
(Foto: Divulgação)
O ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou o interrogatório do presidente da República, Michel Temer (PMDB), no inquérito em que o presidente é investigado com base nas delações premiadas dos donos da empresa JBS.
O interrogatório, pedido pela Procuradoria Geral da República (PGR), poderá ser feito por escrito e respondido pelo presidente 24 horas após a entrega das perguntas pela Polícia Federal (PF).
O ministro determinou o envio imediato do inquérito sobre Temer para conclusão das investigações. Isso deverá ser feito, segundo o ministro, no prazo de 10 dias.
Fachin também decidiu nesta terça, o desmembramento de inquérito de Temer e do senador afastado Aécio Neves (PSDB). Isso significa que, a partir de agora, o presidente Michel Temer passará a ser investigado de modo separado a Aécio Neves.

O deputado afastado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), que fica sem foro privilegiado no STF por causa do retorno do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Osmar Serraglio à Câmara, segue investigado com Temer, o que assegura a manutenção da prerrogativa neste inquérito, mesmo com a perda da função parlamentar. Já a investigação de Aécio inclui a irmã Andrea Neves, Frederico Pacheco e Mendherson Lima - os três estão presos.

0 comentários :

Postar um comentário