quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Polícia Federal terá acesso a digitais de todos os eleitores do Brasil

O convênio será assinado hoje pelo presidente do TSE, Gilmar Mendes, e o diretor-geral da PF, Fernando Segóvia.

Foto: Reprodução
Um convênio entre o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e a Polícia Federal deve garantir acesso às impressões digitais dos eleitores que se cadastraram para votar em urnas eletrônicas biométricas pela polícia.
O documento será assinado hoje pelo presidente do TSE, Gilmar Mendes, e o diretor-geral da PF, Fernando Segóvia.
A polícia poderá utilizar as informações em investigações criminais. O TSE também terá acesso ao banco de dados da PF, que será usado para cadastrar automaticamente eleitores que não tiveram suas digitais coletadas.

0 comentários :

Postar um comentário