terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Droga é encontrada em partes íntimas de vítima de acidente fatal no Maranhão, segundo PRF

Além desta, mais duas ocorrências de acidentes foram registradas nas últimas horas nas rodovias federais que passam pelo Maranhão.

Policiais disseram que crack estava escondido no corpo da vítima do acidente (Foto: Divulgação / PRF) 
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que um traficante de drogas morreu, nesse sábado (23), em um acidente no km 129 da BR 010, em Estreito, distante 567 km de São Luís, por volta das 16h. Segundo relatos policiais, Marcos Antonio Saldanha estava em uma motocicleta (placa NNH-8053) e se envolveu em um acidente com um veículo de placa OJL-5230. Ele ainda foi levado pelo Samu ao Hospital Municipal de Estreito, mas não resistiu aos graves ferimentos.

O acidente foi próximo ao acesso à cidade de Carolina, e a Polícia Militar foi chamada para dar apoio a ocorrência. Assim, a PRF confirmou que papelotes de drogas estavam escondidos nas partes íntimas da vítima do acidente fatal. Foram apreendidos 110 gramas de crack. Não houve informação sobre o condutor do outro veículo envolvido no acidente.

Ainda no sábado, por volta das 08h30, no km 255 da BR 010, em Imperatriz, distante 485 km de São Luís, policiais rodoviários federais atenderam uma ocorrência de acidente de trânsito e briga entre os envolvidos. O relato policial diz que “dois ocupantes de um ‘gol prata’ (placa NHP4406) haviam agredido o condutor de um ‘siena bege’ (placa OJE7606). Diante do ocorrido todos foram encaminhados para delegacia de Polícia Civil daquele município para os procedimentos cabíveis”. Os policiais disseram que as lesões causadas na vítima foram leves.



E outro acidente foi registrado no sábado. Este, por volta das 21h30, no km 2 da BR 135, no Funil, em São Luís. Chegando ao local, os policias constataram que o motorista de uma caminhonete (placa OJG-8089) bateu na traseira de outro carro de passeio (placa NHT-5980). No impacto, um policial militar teve ferimentos leves. A PRF disse que “o teste de alcoolemia realizado no condutor da caminhonete acusou 0,64 mg/l caracterizando o crime de embriaguez ao volante. Ele foi encaminhado para a DECOP (delegacia de Polícia Civil da Cidade Operária em São Luís)”.

0 comentários :

Postar um comentário