MARANHÃO NO RUMO CERTO

MARANHÃO NO RUMO CERTO

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Médicos suspeitam da “Virose da mosca”em Barra do Corda., saiba como prevenir e quais são os sintomas da doença do momento

 oto1
É notório, que o número de moscas e mosquitos aumentou neste início de ano. Isso é decorrente do clima. Moradores têm sido vítimas dessa proliferação. Diarréia, vômito, febre, dor de cabeça e moleza no corpo. São estes os sintomas da doença do momento, a chamada “virose da mosca”. A nova virose torna-se motivo de preocupação para as autoridades de saúde, que ainda nem travou uma batalha eficaz contra o Zika vírus.

O agente transmissor da doença pode ser vírus ou bactéria. O vírus ou a bactéria, transportado(a) pelas moscas, fica alojado(a) nos alimentos ou na água. Somente com a realização de exames é possível detectar qual seja. Os casos de “virose da mosca” aumentaram nas últimas semanas com a proliferação dos insetos neste período chuvoso. As medidas de combate ao problema são simples e antigos: sempre lavar bem as mãos e os alimentos antes de comer, procurar conservar bem os alimentos (na geladeira ou cobertos), manter a higiene da casa e sempre beber muita água para evitar a desidratação. As moscas circulam em vários lugares, como lixos, comidas estragadas e animais em estado de putrefação e, por isso, tornam-se agentes transmissores muito perigosos.

Cuidados para evitar as moscas domésticas

Alguns cuidados simples para evitar as moscas domésticas e, consequentemente, as doenças que transmitem são:

Não deixar acumular o lixo mais de 4 dias dentro de casa;
Lavar o fundo do recipiente onde é colocado o lixo com água sanitária 1 vez por semana;
Utilizar um prato ou outro utensílio para tapar a comida, evitando deixá-la exposta;
Evitar comer comida que esteve em contato direto com moscas;
Colocar redes contra moscas e mosquitos nas janelas;
Usar uma rede mosquiteira para dormir, especialmente no caso dos bebês.

No entanto, caso as moscas consigam se desenvolver dentro de casa mesmo seguindo estas dicas, existem formas de as eliminar, como usar inseticidas, armadilhas ou vaporizadores, por exemplo.

Outras doenças causadas pelas moscas

As moscas podem transmitir doenças porque estão em contato constante com materiais em decomposição, como fezes ou sujeira, transportando bactérias capazes de causar algumas doenças, como:

Disenteria;
Diarreia;
Micose;
Berne;
Tracoma;
Conjuntivite;
Cólera;
Febre tifoide.

Estas doenças podem ser transmitidas pelas moscas domésticas porque as bactérias, normalmente, ficam grudadas no seu pelo, podendo ser liberadas sobre a comida ou dentro de feridas na pele, quando entram em contato direto com os humanos.

Além disso, as moscas podem ingerir bactérias que se mantêm vivas durante alguns dias dentro do animal, sendo depositadas na comida humana quando a mosca utiliza a saliva para se alimentar.

Já no caso da Berne, a mosca varejeira deposita os seus ovos dentro de uma ferida na pele para que as larvas se desenvolvam, provocando sintomas como coceira, dor e vermelhidão em alguns locais da pele.

0 comentários :

Postar um comentário