sábado, 31 de março de 2018

Sargento da PM de Timon é morto em discussão de bar

Dono do bar e o filho foram presos em flagrante após diligências da Polícia Militar, o genro Samuel Evangelista continua foragido.

O sargento reformado da Polícia Militar do Maranhão, Jonas Vieira, foi morto após discussão por motivo fútil no Bar do Senhor, localizado no povoado São Benedito, zona rural de Timon.
Jonas Vieira efetuou disparos na direção de uma pessoa ainda não identificada com quem havia discutido, mas acabou atingindo Wanderson Felipe Sousa Assunção, que também estava no bar. O sargento e o amigo Diego dos Santos Araújo tentaram fugir em uma motocicleta em direção à MA-040, mas este segundo foi impedido de ir embora pelo dono do bar, o Francisco de Sousa Feitosa.
Segundo relato da Polícia Civil, Joel da Silva Feitosa, que é filho do dono do bar, desferiu disparo de arma que seria uma espingarda calibre 28 contra o sargento. Logo em seguida, mais um tiro é efetuado contra Jonas Vieira, dessa vez pelo genro do dono do bar, Samuel Sousa Evangelista. Após ser ferido, o PM reformado cai na MA-040.
Depois dos tiros, os três agressores ainda espancaram Jonas com chutes e panadas de facão. Após liberarem o amigo de Jonas, há relatos de que o sargento ainda foi esfaqueado. O dono do bar e o filho foram presos em flagrante após diligências da Polícia Militar. O genro Samuel Evangelista continua foragido.

                                         Arma do sargento reformado da PMMA

0 comentários :

Postar um comentário