quinta-feira, 12 de abril de 2018

Nove cidades do Maranhão são afetadas pelas inundações

17 cidades com eventos adversos relacionados a enxurradas, alagamentos e inundações estão sendo acompanhadas pela Defesa Civil, 7 cidades estão em situação de emergência.

Na manhã desta quinta-feira (12), a Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil (CEPDECMA) informou que tem acompanhando de perto as 17 cidades com eventos adversos relacionados a enxurradas, alagamentos e inundações, além da situação das famílias desabrigadas.
Os atuais municípios afetados com esses eventos são Marajá do Sena, Pedreiras, Trizidela do Vale, Nina Rodrigues, Lago dos Rodrigues, Presidente Vargas, Brejo, Paulino Neves, Bacabal, Imperatriz, São João do Sóter, Tuntum, São Luiz Gonzaga, Rosário, Timbiras, Cantanhede e Esperantinópolis. Em sete deles já foi decretado o Estado de Emergência: Marajá do Sena, Pedreiras, Trizidela, Lago dos Rodrigues, Presidente Vargas, Brejo e São João do Sóter.

Dentro do Plano de Contingência, um posto de comando da Defesa Civil foi instalado em Trizidela do Vale para realizar o atendimento dos municípios do Centro Maranhense, banhados pela bacia hidrográfica do Mearim, local onde estão a maioria das cidades com quadro de inundação.
Sobre o rompimento total da BR 135, no trecho entre Presidente Dutra e Dom Pedro, o DNIT já foi acionado pelo Governo do Estado. O órgão sinalizou que está com equipes prontas para resolução do problema.
Sobre a quantidade de famílias afetadas pelas inundações, foram registrados nos seguintes municípios:
Marajá do Sena – 114 famílias afetadas
Pedreiras – 87 famílias afetadas
Trizidela – 98 famílias afetadas
Presidente Vargas – 300 famílias
Brejo – 200 famílias afetadas
Bacabal – 36 famílias afetadas
Imperatriz – 15 famílias afetadas
Cantanhede – 1 família afetada
Tuntum – 376 famílias

Sobre os municípios de Timbiras e Cantanhede, a Defesa Civil emitiu estado de alerta, por conta da elevação do rio que banha a cidade.

0 comentários :

Postar um comentário