quinta-feira, 23 de agosto de 2018

Sarney quer dominar o Maranhão, mas não esquece o Amapá

Com a campanha de Roseana acumulando fracassos, o grupo Sarney vem tentando judicializar a disputa e já ensaia “tapetões” nos tribunais para tentar derrubar Dino de qualquer forma.
Com 88 anos e aposentado, o oligarca José Sarney ainda anda mexendo os seus pauzinhos na cena política do Amapá. É o que aponta a coluna Radar, da revista Veja.
Em 2017, Sarney disse em entrevista que “estava de pijamas”. Para a revista Veja, ele “deixou a vida pública, o poder, jamais”. 
Apesar de ter mudado o domicílio eleitoral para o Maranhão, após 27 anos no Amapá, Sarney ainda mantém ligação com três candidatos a bancada amapaense no Senado Federal, para “fortalecer seus tentáculos” por lá.

Fim da era Sarney

Sarney tenta retomar o poder no Maranhão e caiu de cabeça na campanha da filha Roseana (PMDB). O medo do oligarca é ver o fim melancólico do seu clã em 2018, com a derrota para o rival Flávio Dino, líder nas pesquisas.
Com a campanha de Roseana acumulando fracassos, o grupo Sarney vem tentando judicializar a disputa e já ensaia “tapetões” nos tribunais para tentar derrubar Dino de qualquer forma.

Sarney sabe: nas urnas, dificilmente Roseana leva.
 
Blog Gilberto Lima

0 comentários :

Postar um comentário