sábado, 27 de outubro de 2018

Bolsonaro segue líder, mas distância para Haddad diminui, aponta Ibope

Entre os eleitores consultados, 39% afirmam que não votariam de jeito algum em Bolsonaro. No último levantamento, eram 40%. Entre Haddad, a rejeição subiu acima da margem de erro, de 41% para 44%.
O candidato Jair Bolsonaro (PSL) continua a frente de Fernando Haddad (PT) na disputa pela Presidência da República. À véspera das eleições do segundo turno, o deputado federal tem 54% dos votos válidos, enquanto o petista conta com 46%, aponta a última pesquisa Ibope divulgada neste sábado (27). A margem de erro é de dois pontos para mais ou menos.
Apesar da liderança, Bolsonaro se mantém em um processo de encolhimento na preferência do eleitorado. Na última pesquisa do Ibope, ele tinha 57% dos votos, e Haddad 43%. Ou seja, ambos oscilaram acima da margem de erro. Os votos válidos excluem da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos.
Na base comparativa dos votos totais, a intenção de votos em Bolsonaro também registra encolhimento. Pelo Ibope, ele desacelerou de 50% para 47%. Já Haddad subiu de 37% para 41%. Os votos nulo e branco permaneceram estagnados em 10%. Entre os indecisos, foi registrada uma oscilação dentro da margem de erro, de 3% para 2%.
A rejeição de ambos os candidatos também se alteraram em relação à última pesquisa. Entre os eleitores consultados, 39% afirmam que não votariam de jeito algum em Bolsonaro. No último levantamento, eram 40%. Entre Haddad, a rejeição subiu acima da margem de erro, de 41% para 44%.
 Encomendado pela Rede Globo e pelo jornal O Estado de S. Paulo, o levantamento ouviu 3.010 pessoas, entre 21 e 27 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais, o nível de confiança é de 95% e o número de registro no Tribunal Superior Eleitoral é BR-02934/2018. 

0 comentários :

Postar um comentário