segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

Nota de Esclarescimento do Superintendente de articulação política do Estado Leocádio Cunha

SENSATEZ POLÍTICA Ontem fui surpreendido pela imaturidade política, de uma mente perversa através de uma falsa notícia divulgada no blog do senhor Luis Pablo. Infelizmente nos últimos meses tenho sido alvo de muita especulações por ter escolhido a esposa do meu primo Cleomar Tema para votar. A cidade virou palco de intrigas motivadas por ressentimentos. Como cidadão político de Barra do Corda fui convidado para participar na noite do dia 16 de uma reunião política de Pré Candidatos. O fato da minha participação na referida reunião não significa ser opositor do gestor de Barra do Corda e do Governador Flávio Dino. Vivemos em país democrático e temos a liberdade de dialogar com grupos de várias ideologias partidárias, independentemente da minha posição política. O texto do matéria demonstra claramente uma tentativa de causar um desconforto perante o Governo do Estado do MA. Tenho o direito de ser Pré Candidato, assim como outros companheiros Precisamos ouvir as posições e projetos de outras pessoas. A política é a arte do convencimento e a partir daí definir a nossa posições. Faltam ainda dois anos para as eleições e todos podem tentar se viabilizarem. Porém, na Barra vem se disseminando ressentimentos, desconfianças, fofocas sem fundamentos. Não possuo “inimigos”, mas adversários políticos. Não vejo nenhum problema em discutir política. O que quero ressaltar é que não vejo razão para cultivar discórdias. Há muitos anos escolhi um grupo político do qual eu faço até a atualidade. Dessa forma, acredito que tenho a liberdade de colocar meu nome a disposição ou apoiar alguém em quem acredito. Ao invés de promover discórdia e desconfianças nas redes sociais, vamos discutir política e apoiar o que for melhor para Barra do Corda, trabalhando com ética e seriedade. Sou Flávio Dino por por convicção e nunca tive a intenção de mudar. Porém, tenho o desejo sim, de poder contribuir com o desenvolvimento de Barra do Corda. Esse desejo me habilita a colocar o meu nome como Pré Candidato. Em momento algum na reunião que participei no dia 16, afirmei rompimento com o grupo do qual faço parte. Qualquer reunião de pré candidatos que eu seja convidado para debater política, eu posso participar. Tenho consciência tranquila quanto a minha posição política. Todos tem o direito de colocar o seu nome a disposição mas quem decide em primeiro lugar é Deus, que é soberano e sabe de todas as coisas, depois o partido e consequentemente o povo. Lembrem se, " o diálogo é a ponte entre os seres inteligentes.  

Leocádio Cunha

0 comentários :

Postar um comentário